Neste mês de julho ocorre uma data relevante. A Associação Brasileira de Ouvidores – Seção Santa Catarina comemora 15 anos da sua criação. Em 2003, o novo século se apresentava aberto às inovações e aprimoramentos, ao atendimento das necessidades da população e ao ajuste da legislação à realidade prática das relações aferidas pelo Código de Defesa do Consumidor de 1990. Em Santa Catarina, que já despontava como um Estado empreendedor, engajado no desenvolvimento, não foi diferente. Havia a urgência de se instituir um órgão que não só acompanhasse a tendência que deslanchava no país, e que se iniciou em Curitiba, em 1986, mas representasse o Estado no contexto das demais Ouvidorias.

Foi este o espírito e o desafio que nortearam a fundação da Seção Santa Catarina. O mérito se deve a iniciativa dos ouvidores Amaro Gomes, Romualdo Luiz Dambroz, João Carlos dos Santos, Zilda Carloni e Luiz Neri Pachado dos Reis que encetaram as providências de não só conscientizar mas estabelecer um núcleo embrião que permitisse o início de uma caminhada em prol da afirmação da ABO-SC. No âmbito da Ouvidoria, ela se propunha a promover a uniformização do atendimento, a qualificação e a capacitação dos ouvidores do Estado, a fomentar a unidade e buscar o reconhecimento da profissão e o respeito da sociedade.

Ao longo destes 15 anos a ABO-SC, como é conhecida, liderou a construção da figura Ouvidor no Estado, difundindo os princípios que norteiam o papel de uma Ouvidoria dentro das organizações públicas e privadas. Além disso, se propôs a também capacitar e certificar ouvidores criando, em parceria com a OMD Soluções para Ouvidorias – cursos de alto nível e que tiveram imediata aceitação, atraindo para Florianópolis, a atenção das Ouvidorias, preocupadas com a formação de seus profissionais. A parceria firmada há 10 anos já ultrapassa a casa dos dois mil ouvidores aqui formados e provenientes de todos os Estados da Federação e Distrito Federal.

Atenta à necessidade de qualificar os quadros de Ouvidores, a ABO-SC se mantém atenta à missão mais difícil que é o reconhecimento da função do Ouvidor de forma a caracterizar um profissional que tenha tarefas centradas em exercer o papel de representante do cidadão, seja ele consumidor, cliente, usuário. E este desafio promete ser uma constante nos próximos anos.

Eleonor Mekari

Atual Presidente ABO-SC

————————————–

Amaro Gomes

Fundador e 1º Presidente ABO-SC